terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Eccentric...




After Forever - Exêntrico

O que eles vêem quando olham para mim?
Quem são eles para me julgar
Se eles nunca falaram comigo
Nunca olharam sem dar risada
Nunca tentaram ver, me ver

Eu não posso acreditar que sou apenas eu
A pessoa para odiar
A única deixada
Eu não posso acreditar como podem ser tão mesquinhos
Se eles pudessem sentir
As picadas brutais de suas palavras
E o amargo frio quando eles riem

Mais uma vez eu estou correndo
Correndo para longe, eu tenho que me esconder
Não posso agüentar mais
Uma luta para me libertar
De um conflito sem fim com a vida
Correndo, me diga o quão longe eu deveria ir
Se eles são todos iguais
Esta luta
Estou lutando por meu caminho através

Eu realmente não quero ser como eles
A maneira que eles agem
A maneira como eles vivem
Eu realmente não preciso de alguém
Não uma pessoa desse jeito
Alguém em um mundo com guerras e tréguas
Um mundo sem o sentimento

Eu preciso estar correndo
Correndo para longe, eu tenho que me esconder
Não posso agüentar mais
Uma luta para me libertar
De um conflito sem fim com a vida
Correndo, me diga o quão longe eu deveria ir
Se eles são todos iguais
Esta luta
Estou lutando por meu caminho através

domingo, 19 de dezembro de 2010

Cada um é responsavel por suas decições...

 Gif: Ritsuka personagem primcipal do anime/manga Loveless.


A tanto eu o desejei, eu o quis, mas não podia tê-lo.
Eu busquei tanto essa relação que ela acabou sem nada, nem amizade e nem amor.
E agora ele buscou suas desições e suas escolhas...ruins ou não.
Triste mas real, esse era o seu direito e foi o que ele fez.


Só pesso a Deus que ele não caia nas sombras de suas escolhas, que ele caminhe em um caminho do qual ele possa voltar.

sábado, 11 de dezembro de 2010

Discrepante dentro do meu próprio meio...




Não e de hoje que percebo o quanto sou estranho, e o quanto sou diferente de todos os outros.
Desde a tempos atras sempre procurei um grupo onde pudesse ser eu mesmo, onde pudesse ser somente o meu eu de sempre, la de dentro...

De fato encontrei tal grupo, todos eles tem o mesmo gosto que eu (ou quase)... tem as mesmas tendências, mas ainda sim sou estranho entre eles. E eles me acham estranho.

Achei que meu tipo fosse comum entre eles, mas não é, me parece que em qualquer local aonde va eu serei sempre algo fora do comum, diferente e discrepante.

Mas isso ja me choca, eu sei que não vou mudar meu jeito para agradar a ninguém e que tenho de ser aceito da maneira que sou...se não for assim então ninguém servira, e por mais que eu tenha esse jeito estranho de ser é assim que eu sou e basta.

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Olhos de melancolia




Eu estive pensando tanto no eu de antes, achando que deveria voltar a ser o eu de 2 anos atras...
Esse eu parecia tão melhor e menos sofrido que o eu de hoje, porém, aquele eu, era o eu que recebia a falsidade como amizade, que recebia qualquer demonstração de carinho como algo unico e somente direcionado a mim. Pensando tanto nisso me lembro dos tempos que eu achei que era aceito quando  na verdade recebia somente descaso e falsidade.

Nisso percebo que o eu de agora é muito mais forte, recolhido, estranho e original da forma que realmente sou, sem precisar ser algo criado. Mesmo eu dizendo que sinto falta dos tempos de antes percebo que os tempos de agora são melhores e menos falso.

Eu agora amo mais as poucas pessoas que me cercam, mas estas com toda certeza não são como aquelas de antes que só fingiam que eu tinha alguma inportância para elas e algo diferente disto agora me causa repulsa. Com toda certeza o eu de agora é mais forte.

Ainda sim esse eu ainda vê tudo ao seu redor com uma melancolia significativa, por que tudo parece no mesmo lugar ainda, por quê ele ainda se vê longe e distante de tudo e todos aqui, ainda desejando não ter mais conciência e nem desejos de nada em especial só a não existência. 

O tempo com toda certeza vai passar novamente (vai correr), e mais uma vez eu vou ficar forte com o decorrer dele, tenho certeza.

Estou aqui, ainda aqui, esperando algo, procurando algo, e tentando mudar aquela coisa dentro de mim...

domingo, 26 de setembro de 2010

Um por um - Sirenia























A um rio que corre junto de
Sua enfraquecida esperança e escuros dias estão para vir
As luzes estão apagando-se mais uma vez
Eu vejo você vacilante, tão perdido e cego
Eu sei, uma sombra ainda hesita em sua mente
Mas eu não posso conduzir você a diante, não desta vez

Eu estive sonhando por um longo tempo
E meus sonhos todos quebraram um por um
Eu estou ainda de pé, ainda encarando a queda
Eu entregarei as distantes chamadas

Eu estou vendo suas muralhas desintegrando-se
Eu estou suportando um milhão de lágrimas ou mais
Em um momento gelado do tempo, eu vejo você cair
Apenas memórias restam de você agora
Eu estou entregue a escuridão e a dúvida
Você não conseguiu achar força para lançar os demônios fora

Eu estive sonhando por um longo tempo
E meus sonhos todos quebraram um por um
Eu estou ainda de pé, ainda encarando a queda
Eu entregarei as distantes chamadas

Eu estive sonhando por um longo tempo
E meus sonhos todos quebraram um por um
Eu estou ainda de pé, ainda encarando a queda
Eu entregarei as distantes chamadas

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Chuva solitária em mim
















Em momentos assim eu sinto tão longe os dias felizes da infância, sinto que faz muitos anos que se passaram, mas tão proximamente tocaveis, naqueles dias tudo o que eu quis era crescer para poder ir embora, ou simplismente ir embora em busca de algo que eu talvez não consiga, tudo que eu tenho e que talvez me mantenha ainda no caminho é a amizade de algumas pessoas especiais...

A chuva ainda não passou, a noite ainda não terminou, e os meus sonhos se passaram como brumas de uma manhã fria, dentro do meu peito ainda sinto a tão proxima solidão e quando sinto que os que me cercam estão indo embora é somente ela que me consola, não ouso pedir a ninguém que fique, nem que se lembrem de mim, isso pode entristecer essas pessoas que ainda amo.

Desejo que sigam seu caminho e que quando se lembrarem do tempo que passou que olhem para trás e vejam que eu ainda estou aqui, e que me conhceram um dia, que apesar do tempo ter passado eu ainda estou no mesmo lugar...

Estarei sempre em torrentes de chuva dentro do meu velho e solitario eu esperançoso e sempre buscando algo para me trazer momentos de felicidade... pois a vida não é feita de pequenos momentos de felicidade e longos dias de tristezas? 

Mesmo no ultimo dia ainda estarei aqui.

sábado, 4 de setembro de 2010

My tired heart


You can make my
You can make my
You can make my
You can make my
You can make my

You can make my tired..heart sing
You can make my
You can make my
You can make my

You can make my tired heart deaddddd

You can save my
You can save my
You can save my
You can save my
You can save my heart of the end

Open my
Open my
Open my
Open my heart and love him

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

O velho caminho


















O caminho de sempre me parece tão comprido e triste, continuo com a mesma sensação de estar vazio e incompleto...
A chuva não parece passar, e o frio ainda emana por todos os lados para onde corro.
A solidão é abrangente em todos o focos de minha vida e o apreço por mim parece se esvair mais ainda.
Olhar as pessoas e seus sonhos me deixa deprimido ainda, acreditando que eu não chego aos meus sonhos..
Todos se foram ou estão indo embora e eu caio no esquecimento.

A estrada ainda é muito longa e eu ainda quero voltar aos anos de outrora onde eu não precisava me preocupar tanto

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Aqueles iguais a mim...




A muito tempo eu desejei estar entre pessoas que corpatilhasem o mesmo gosto, o mesmo tipo de existência, as mesmas vontades e com certeza a mesma sexualidade...
Depois de longos anos sozinho sem ninguém como eu, finalmente encontrei lugares onde acha-los, guetos onde eles viviam, encontrei varios deles.
Isso com toda certeza deveria me deixar muito feliz, mas não é bem assim, logo eu passei a viver no meio deles, falar como eles, e coexistir com eles. E aquela ansia em se estar com os seus iguais se tornou um algo totalmente oposto ao que eu esperei, e logo percebi o quanto eles podem ser podres como aqueles outros que eu conhecia antes deles, que eu pensava que eram ruins... Eles podem ser tão ruins ou piores.

E por mais que eu tenha sonhado em te-los como amigos agora eu sei que no fim continuo no meu caminho sozinho, continuo sendo estranho até mesmo no mundo deles que são iguais a mim, continuo tendo grandes aspas ao meu redor, e não me encaixando nem mesmo no mundo que deveria ser só para mim.

No fim não há lugar onde eu me encaixe, não há grupo onde eu me sinta realmente bem, no fim eu só tenho a mim mesmo e dentro de mim a grande amiga que continua a me acompanhar, a velha companheira que nunca me deixou e que não vai me deixar...a solidão.

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

The Real Folk Blues - Encerramento: Cowboy Bebop

 
 
 The Real Folk Blues Cowboy Bebop
Aishiteta to nageku ni wa
Amari ni mo toki wa sugi te shimatta
Mada kokoro no hokorobi o
Iyasenumama kaze ga fuiteru

Hitotsu no me de asu o mite
Hitotsu no me de kinou mitsumeteru
Kimi no ai no yurikagode
Mo ichido yasurakani nemuretara

Kawaita hitomi de dareka na itekure

*The real folk blues
Honto no kanashimi ga shiritaidake
Doro no kawa ni sukatta jinsei mo warukuwanai
Ichido kiri de owarunara

Kibou ni michita zetsubotto
Wanagashikakerareteru kono chansu
Nani ga yoku te warui no ka
Koin no omoi to kuramitaita

Dore dake ikireba iyasareru no darou
The real folk blues
Honto no yorokobi ga shiritai dake
Hikaru mono no subete ga ougen to wa kagiranai

* Repete
 
 
The Real Folk Blues (tradução)

"O VERDADEIRO FOLK BLUES"

É muito tarde para chorar
Eu te amo.
O vento ainda está soprando,
Meu coração ainda dói

Um dos meus olhos vê o amanhã
E o outro lado enxerga o ontem
Espero que eu possa dormir
Com o seu amor, de novo

Chore por mim, alguém, com olhos secos

*O verdadeiro folk blues
Só quero sentir a verdadeira tristeza
Não e uma vida tão ruim no fundo do rio
É apenas uma vida

Com uma falsa esperança
E com chances de armadilhas
O que é certo ou errado
É como os dois lados de uma moeda

Por quanto tempo vou viver assim até me libertar ?
O verdadeiro folk blues
Só quero sentir um prazer real
Tudo que brilha não é ouro .

* Repete

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Presenças...


















Por mais que eu tente, eu nao consigo me livrar, por mais que eu tente eu sempre vou sentir essa falta.
Achei que o melhor fosse ficar onde estava sempre e continuar a trilhar o mesmo caminho sem nenhuma precensa ao meu redor.
E por mais que eu me recuse a acreditar eu sei que isso é importante e que se eu não tivessa mais isso seria muito pior, talvez nem estivesse mais aqui 
E ainda não consigo lidar com a rejeição tão bem assim quando realmente gosto de alguém, oras se fosse alguém sem importância seria muito facil esquecer e se eu me envolvo com a pessoas por muito mais do que amizade não faz sentido fingir que sou só um amigo e que os sentimentos dessa pessoa não me são necessarios...

Era tudo tão mais simples antes. Mas não da pra ser quem eu era antes e me fechar de novo dentro de mim.

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Monochrome No Kiss




Um tom preto e branco atravessou nosso encontro monocromático
Eu confio minhas dores a você
O vigoroso outono mostra vestígios das minhas cicatrizes
A sua mão gelada me tocou
Como um simples pedaço de gelo que derreteu em cima da água
Você suavemente me levantou e me levou para perto dos seus lábios

Mas mesmo assim, eu vou procurar o meu verdadeiro amor
Os seus olhos secos enxergam tão longe nesse momento
Se eu pudesse, eu iria te abraçar e você ficaria em volta de mim assim
A Lua oculta e pálida também nós esconde

E quantas noites eu venha a te amar?
No mar da dependência, eu me esqueço de respirar
Mesmo com o seu carisma, você me deixa um morno calor
Na arte de saber eu não gostei do seu vaidoso beijo

Não me deixe sozinho!
Dê-me cor no interior do seu quarto
Adormeço em confusão você irá me dizer coisas além destas?
Os suspiros que se perdem em questão de sorrisos

Apenas a Lua está olhando para eles Não terá mais volta Eu vou ser independente
No entanto, eu definitivamente estou sempre a procura de um verdadeiro amor

Uma proposta pintada e ainda um apaixonado beijo covarde
No nosso ultimo encontro ela ainda brilhará
Se eu pudesse, eu iria te abraçar e você ficaria em volta de mim assim
Mas quando a noite cai e meu sonho não se realiza espero a aurora trazer um novo amanhã

Com o seu doce e quente beijo predestinado
Me complete inteiramente, como se fosse a última vez então a lua brilhará sobre nós.

domingo, 1 de agosto de 2010

Campos de morango



Vou fugir para os campos de morango, la nada é real.
La eu não vou mais sentir dor e nem sofrer por nada,
Não vou ter de me preoucupar...

terça-feira, 27 de julho de 2010

Aquele algo...



















Dentro de mim bem la no fundo eu ouço o meu eu me dizer o que fazer, sinto que ele almeja uma grande mudança antes que ambos venhamos a sumir, ele grita por algo, e eu fico ancioso por algo que vai acontecer mas que eu não torno real...
Isso dói em mim e com isso fico com a sensação de que estou sem um pedaço de mim.

Ele...








Há muito que não encontrava alguém como ele, muitos anos se passaram até que eu pudesse ter ao meu lado
alguém como ele. E de alguma maneira fiquei apaixonado quando percebi a proximidade a qual estava entre
nós, uma proximidade que eu achava que nunca fosse ter novamente. Eu com certeza sentia muita falta disto, isso aumentava minha carência me deixava triste e deprimido pois eu via que todos tinham tal coisa e as pessoas mais velha me parecia que tinha perdido ja que as mesmas agora estavão casadas e algo como essa proximidade não importava mais... me sinto feliz por ainda tê-lo perto de mim, mas sei que algum dia ele vai embora e agora sinto um certo cansaço ao nosso redor... mas tudo bem é necessario ficar um pouco longe só isso.

Amo muito essa relação, por que é raro ter um amigo em quem se confiar e que não te traia.

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Sempre assim,


























Lágrimas depressivas

É assim todo o dia
O sol clareia brando
A lua suaviza meu pranto
Medito sobre minha vida vazia

Lágrimas de suplício
Lágrimas geladas...
Lágrimas desperdiçadas...
Tentando aliviar meu martírio

E eu odeio tudo isso
Odeio sentir essa tortura
Ser seguida por essa amargura
Até já tentei suicídio

Minha lamúria
Meu terror que queima minha alma
Minha mortificação que não me deixa ter calma
Minha eterna fúria

Lágrimas...
Lágrimas de dor
Lágrimas sem amor
Mágoas...

Tentei me afogar
Nessa lamentação inútil
Nesse lamento fútil
Na bruma que disfarça o mar

Mas isso não me protegeu
Só me trouxe mais aflição
Só trouxe minha crucificação
Mas isso não me abateu

Pois, assim como eu
Nesse mundo profano
Sufocado nesse desejo insano
Muita gente morreu...

Nessa imortal depressão

Fonte:  http://poemasgoticos.zip.net/

sábado, 17 de julho de 2010

Eles não são como eu pensei que fossem.


















No começo quando os conheci achei que todos me amassem... engano o meu com certeza. Depois pensei que eles só me aceitassem e isso ja era bom, era uma vitória para mim. Mas ao decorrer desses 3 anos que se passaram eu pude perceber quem eles eram e que eu era só um fato corriqueiro, não que eu quisesse ser o centro do mundo deles, nunca quis isso, a atenção deles até me deixava feliz, por quê me era algo importante todos eles, E com o decorrer dos dias eu vi as facetas de todos eles, suas verdade, suas mentiras e sua falsidade. 
E com isso eu pude me desligar deles, com isso eu pude deixa-los para trás... mas eu não consigo acreditar em como isso ainda parece importante para mim e em como isso parece me ferir quando estou perto deles e sinto a sensação do afastamento mutúo, eu sei que estou certo nisto, afinal para que eu deveria querer ter esse tipo de pessoas perto de mim? Pessoas que na verdade não estão nem ai para mim? 
Com certeza é muito melhor estar sozinho a ter pessoas que só se fazem parecer suas amigas e que no fundo não estão nem ai para você e para o que você sente e que falam de você pelas costas e que mesmo através dos meios de contatos disponiveis como internet e outros nem se dão ao trabalho de te procurar para falar com você e quando te veêm tem a capacidade de falsamente dizer que estão com saudade de você...

Assim como um amigo me disse a semanas atrás nós temos de dançar conforme a musica. E acredito que os amigo de verdade tentam estar perto de alguma forma sempre. E tentam manter o laço sempre.

terça-feira, 13 de julho de 2010

Learn To Be Lonely - The Phantom Of Opera





Child of the wilderness
Born into emptiness
Learn to be lonely
Learn to find your way in darkness
Who will be there for you?
Comfort and care for you?
Learn to be lonely
Learn to be your one companion

Never dream

That out in the world
There are arms to hold you
You've always known
Your heart was on it's own

So laugh in your loneliness

Child of the wilderness
Learn to be lonely
Learn how to love
Life that is lived
Alone

Learn to be lonely

Learn to be your one companion

Never dream

That out in the world
There are arms to hold you
You've always known
Your heart was on it's own

So laugh in your loneliness

Child of the wilderness
Learn to be lonely
Learn how to love
Life that is lived
Alone

quinta-feira, 8 de julho de 2010

Sinto saudades de você que nunca existiu...























Hoje o dia nasceu com cor de saudade, com gosto de lagrimas,
O dia raiou ja delineando minha dor. Cortando meu coração com a navalha da espera.
Nesse interim eu senti sua falta,
Queria de volta seu abraço na noite fria o qual você nunca me deu,
Quis seu beijo no meu momento de solidão, o qual nunca recebi,
Queria que você me confortasse quando eu dissesse que s trevas avassaladoras do mundo estão me encobrindo, conforto que você nucan me deu,
Queria que no dim de mais um dia de trabalho eu pudesse te abraçar ao chegar em casa, lugar este onde você nunca esteve,
Queria ao menos discutir com você nos momentos de turbulência do nosso amor, que nunca deu sinais de existir,
Queria voltar aquele bar com você, onde chamais estivemos.
Queria que você ao menos existisse.

domingo, 27 de junho de 2010

Saudosismo

























Hoje como sempre a melancolia cobre minha casa... e sensação da falta de algo ainda persiste.
Logo irão começas minhas férias e o tédio vai cobrir minha mente também, estou receoso de algo, eu sei que me parece que estas férias vão ser  estressantes, mas vou fazer o maximo para não ficar em casa, por quê senão...

Estava pensando agora em como vai ser quando voltar das férias, sera que as pessoas vão sentir minha falta? sera que eu vou ficar com saudades de todos ? Sera que eles vão perceber que eu não estou la ? Tomara que sim, por quê esse tpo de coisa me deixa tão feliz, faz eu me sentir amado.

Percebi essa semana o quanto é dificil manter uma doll ^^, é muito caro, agora mais que nunca quero ser rico ^^.

EStou sem idéias pra meus meninos esse mês, mas realizei minha maior idéia até então que era leva-lo ao parque e tirar fotos dele la ^^ as fotos ficaram lindas.

Sei la queria ser diferente da pessoa que eu sou mas...espero que a minha viagem a SP seja divertida também.

Que venha as férias, e que a tristeza não me consuma esse mês, e quem sabe algum afair apareça XD.

domingo, 20 de junho de 2010

Pobre coração que deseja o que não vai/deve ter...






























"Why does my heart, feels so bad"
*Moby - "Why does my heart, feels so bad"*



 E como todo invervo, la estou querendo de novo aquilo que não vou ter, esperando um olhar, um comprimento ou qualquer outra coisa que o valha.
Afinal o inverno tem de ser frio não é ? Então entendo o por quê de eu estar pensando na solidão e no frio do meu coração, eu ainda acredito que vou ficar sozinho e que estar sozinho faz muito mais sentido do que a espera por alguém que me faça feliz ... mas não deixo de ter esse setimento de querer estar com alguém, sentimento esse que traz o inverno para dentro de mim. Sim aqui o vento sopra cortando meu ser e me fazendo olhar as pessoas com seus amados de uma forma triste e dolorosa, a melancolia me cobrindo, com isso me arrasto para dentro do meu ser e analiso minha dor, tão tenrra e só minha, ninguém há de querer ela para si, e nem o meu eu.
Torço para o tempo acabar logo e eu poder passar os tempos de hoje...
Assim mais um dia vai passar e eu ainda estou vivo, e o que eu quero não é e nem será meu, assim é melhor e assim eu não quebro nada e nem niguém além de mim mesmo.

terça-feira, 8 de junho de 2010

Promessas...



Talvez eu seja complicado (ou não), mas é fato que exitem varias coisas que eu detesto e uma delas com toda certeza são promessas que não são cumpridas... isso é uma caracteristica minha desde criança, sempre fui assim, penso da seguinte forma: Nunca, jamais, em impotese alguma me faça uma promessa que você não vai cumprir, nunca faça um acordo comigo que você não vai honrrar, pra mim isso é a morte da pessoa.
Convenhamor por que devemos prometer se não vamos cumprir? E pior acordar algo que não iremos honrrar? Por favor isso é muita sacanagem, logo se isso ocorre eu não vejo motivos pra fazer mais um nada pela pessoa e muito menos pra confiar nela, logo que isso tornar a pessoa mentirosa aff... isso é muito foda. Sem contar que é uma tremenda sacanagem da parte da pessoa que promete não cumprir tal promessa, se ao menos tiver um motivo indesejavel va la mas por pura sacanagem é outra história.

Sou de leão e me ofendo com ninharias sim, esse sou eu, se quiserem acostumen-se, se não podem virar as costar e ir embora ja estou mais do que acostumado com a partida, se for de pessoas assim pior ainda, desses eu nem preciso...ferramentas.

Então fica registrado comigo é assim não me prometa o que não vai fazer e nem acorde nada comigo que você não tenha condições de honrrar...pq do contrario tudo muda entre eu e vc.  Fik Dik.

sábado, 29 de maio de 2010

A amiga solidão e a sua companheira a carência.


 
Mais um fim de semama esta se passando, mais merdas aconteceram essa semana,
Mais tristezas para mim, mas felicidades...
Vi pessoas de quem gosto, tive um sonho estranho.
Mas a velha amiga, a companheira, aquela se acercou de mim a muito tempo ainda jaz aqui dentro de mim.
E essa semana ela me fez companhia como sempre, ela me seguiu por todos os lugares por onde passei,
Ela me mostrou que mesmo estando cercado de tantos é ela que me faz companhia.
Não me surpreendi, acho que me aconstumei com ela bem mais do eu havia imaginado, afina ja faz tantos anos.
Mas tem outra coisa também, ela depois de algum tempo ou pelo menos foi quando percebi começou a trazer uma amiga com ela, que também passou a me seguir, passou a ser parte da minha vida também.
As duas sempre tem falado comigo e me mostrado e comentado coisas que eu ainda não havia pensado ou talvez não tivesse dado importância.
Depois de tanto tempo a primeira começou a mostrar uma forma de fuga e a segunda apoiou-a.
Com os conselhos delas eu tenho certeza do que fazer, eu sei como fazer...mas falta a força e a coragem de efetuar o que é necessario.
Acho que essa semana acima de tudo fiquei ainda mais na companhia delas, e a todo instante que estive com outros ao meu redor só pensava nelas e só queria as mesmas...

Acho que talves eu devesse tentar mais e por em pratica os conselhos delas, acho que talvez esse seja o destino que me foi escrito, talvez...
E a saudade de alguma coisa continua, a paixão pelo passado ainda é a mesma, a vontade de sumir também, queria simplesmente parar de existir.


"Lacrimas Profundere - Black Swans"

...Então abrace as flores do outono e lembre-se da chuva
que sempre chorará sobre as paisagens amplas e cinzas
e alimentará os rios fluindo para as águas da vida embora o esquecimento seja uma água muito mais poderosa tão majestosa, tão fria, tão profundamente imcompreencivel.

domingo, 23 de maio de 2010

De novo e novamente e mais uma vez...



 Mais uma vez a cena se repete, a situação de sempre, de varios anos ja.
Elas chega com aquele geito de quem sabe o que fez e não ta nem ai pra isso, como se
isso pouco importasse e como se fosse a mais infeliz. Ela sempre é a que passou por
tudo sozinho e que sempre esteve sozinha (pelo menos acha isso) . Na verdade ela sabe que eu sempre estive com ela e que o motivo dos meus problemas também é ela, pelo menos uma parcela deles vem dela mesmo e ela com ceteza sabe disso, mas é tão egoista que só pensa nos seus próprios problemas, que por sinal não consegue resolver (pra variar) por quê ela sempre escolhe  fugir deles dessa maneira ( a de sempre).
Fico impassivel a isso, pelo menos do lado de fora pareço-me assim, mas bem sei que dentro de mim aquela criatura urra de dor e sofrimento por ela, deseja abraça-la até coloca-la dentro de mim e fazê-la feliz ao maximo, de todas as maneiras possiveis...mas sabe que não vai conseguir, por que nem a si mesmo ela cosegue se fazer feliz.
Sera que se eu colocasse ela dentro de mim eu realmente a faria feliz ? Sera que eu faria sua dor sumir? Seu sofrimento? Sei la...
Talvez ela esteja sentindo o mesmo que eu, abandono, solidão, amargura, impassibilidade... ela com essas coisas só me afasta dela. Eu a amo, amo mesmo mas ela desistiu de si mesma e não me ouve de verdade, faz o que deseja, faz eu me sentir culpado pelo seu sofrimento, faz eu acreditar que seu sofrimento é por causa da minha homossexualidade... pelo menos eu achava que era isso.
Fico tão cansado disso.
Quero ir embora, quero ficar sozinho comigo um pouco mais, mais vezes, por mais dias... acho que assim não vou ficar mais machucado  talvez...
Ainda estou com saudades das pessoas de antes, queria tanto poder ve-las de novo e falar o quanto gostava da presença delas. 
Mas eu não esqueci que todo mundo vai embora, não esqueci que tudo vai mudar e que cedo ou tarde elas escolhem um novo caminho e que eu não faço parte desses novos caminhos e sou obrigado a mudar também (o que não acontece de todo) me parece que sempre sou o mesmo... tão imutavel e melancólico e ainda o mesmo sonhador.
Essa noite vou dormir de novo com uma sensação de amargura no peito, com aquela velha sensação de solidão tão conhecida minha e amanhã vou acordar e vê-la novamente me fazendo as mesmas promessas e como sempre vou chama-la de metirosa e ela vai achar que eu acreditei nela...

Ai Deus agradesço a cruz, mas ela é tão desnecessaria ou pelo menos tão grande e pesada, não poderia ser menor ou ja ter se desfeito??? Eu quero parar e descansar só um pouco por favor.

domingo, 16 de maio de 2010

A Cidade sem ninguém - chobitS


























A Cidade sem Ninguém

Nesta cidade não havia ninguém.
Na cidade havia casa e janelas iluminadas.
Mas não havia ninguém nas ruas.
Olhei por uma das janelas tinha uma pessoa...
Mas ela estava com um deles. Olhei dentro de outra casa.
E a pessoa também estava com um deles.
Esta cidade é igual a todas as outras.
É divertido estar com um deles,
Mais divertido do que estar com outra pessoa.



Por isso, ninguém mais sai nas ruas.
Não há ninguém nesta cidade.
Eu farei uma jornada. Irei para outras cidades.
Eu queria que alguém me achasse. Alguém só para mim.
Mas, quando esse alguém só meu passar a gostar só de mim...
Será a hora de nossa separação.
Ainda assim eu quero achar alguém só para mim.
Pensando nisso, eu continuo vagando por outra cidade sem ninguém...



(Continuação) Um calor no coração



Nesta cidade não há ninguém.
Mas... As luzes que iluminam as casas...
São brilhantes e aconchegantes.
Eu estou na cidade sem ninguém.
Mas eu não me sinto triste nem solitária.
Um calor preencheu meu coração.
Eu sou um deles, mas estou feliz.
É porque eu gosto daquela pessoa.
Quando alguém gosta de outro... É bom.
Não importa se é humano ou não.



Esse sentimento nos embala e nos protege.
Se isso deixa meu coração com tanto calor...Se isso faz eu me sentir tão bem...
Acho que todos deveriam ter alguém para gostar.
Acho que todos deveriam ter o seu amor correspondido.
Quando alguém gosta de outra pessoa...
E a considera realmente importante...
Aí sim... Este mundo fica repleto de felicidade.
Nesse dia... Aqui... 






Será a cidade sem ninguém infeliz.
A cidade importante onde mora... A PESSOA SÓ PARA MIM.

sábado, 8 de maio de 2010

Falta de algo



Hoje sinto falta de algo, nem sei o que é, mas faz tanta falta.
Talvez eu tenha perdido isso em algum lugar só tenho que achar de novo,
Definitivamente estou com saudades de todos que ficaram pelo caminho,
Mas meu orgulho não vai me deixar voltar atrás...

Eu preciso muito de um colo de amigo/amante/colega/Mãe...
Hoje eu acho que não posso ficar sozinho.

Porto solidão...








































Começo um anuncio assim: "Quem quer um coração quebrado? Não é comprado é dado, não é usado é virgem, não tem amor só sofrer...Quem ira querer algo assim?"

Esta semana passou tão rapida como de costume, e no rastro dela o que eu vejo é simples: a mesma trilha de lamuria de sempre...a mesma velha sensação de abandono e solidão que sempre senti. Essa semana tive vontade de rever pessoas que me eram comuns antes, pessoas de quem eu gostava e que sempre me foram queridas e que agora sumiram.
A bem da verdade eu também não me esforcei pra mantê-las proximas a mim, por que de alguma forma elas me magoaram ou me machucaram e por isso eu devo ter preferido deixar o tempo leva-las, mas isso não diminui a falta que sinto dessas pessoas e nem a dor de não tê-las por perto... queria muito poder ver algumas  dessas pessoas novamente.

É fato que sou uma pessoa solitaría e que mesmo estando com tantos ao meu redor isso não diminui o que sinto, sinto -me sempre vazio e na defensiva esperando algum tipo de ataque seja de um igual tentando me diminuir usando o padrão de beleza ou de um outro querendo usar minha sexualidade pra tentar me humilhar (eu disse tentar), eu fico quase sempre esperando um ataque.

Mas, ja nem tenho mais tanta vontade de lutar por alguma coisa em si, tudo parece tão mais sem sentido... e eu fico cada vez mais confuso com o que eu devo fazer.

Bom a musica que minha alma canta hoje seria:

Porto Solidão - Jessé


Se um veleiro repousasse na palma da minha mão
Sopraria com sentimento e deixaria seguir sempre
Rumo ao meu coração, meu coração
A calma de um mar que guarda pra amanhã os segredos
De versos naufragados e sem tempo

Rimas, de ventos e velas vida que vem e que vai
A solidão que fica e entra
Me arremessando contra o cais

Talves eu devesse esquecer a necessidade de se estar com alguém e de se sentir amado, me parece muita fraqueza esperar que alguém queira você tendo em vista que as pessoas ao seu redor também se parecem muito com demônios narcisistas que precisam do seu corpo, dinheiro, status e outras coisas que tragam algum prazer visual, fisico ou sei la mais o que. E a premissa de ficar sozinho é muito mais aprazivel do que esperar as pessoas me vejam, não sou o que elas querem.
Logo a pessoa que você é não interessa, você tem de atrair pela beleza que você mostra ter mesmo sendo um lixo de pessoa....

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Fim de semana mais que especial...

Milz, Nyu e Gustavo

Alice, Milz e Fernando.


Se tem uma coisa da qual eu gosto´é ter tudo bem combinado ^^ adoro ter o controle das coisas e não sentir que esta tudo dando errado, esse fim de semana eu e meus amigos combinamos de ir ao cinema e jantar no Mirai logo em seguida. Infelismente o cinema deu errado ¬¬ mas ainda sim fomos ao Mirai, adorei foi muito divertido...

E por um pouco mais de uma hora esqueci de tanta coisa, de tantos problemas e inquetações, isso foi tão bom... pena que isso é raro de acontecer e mesmo que isso aconteça é só ilusão pensar que o resto acabou mesmo... mas pelo menos aconteceu.

Foram momentos tão incomuns e repletos de sorrisos e piadas sem muito nexo ( como sempre XD). O tempo correu rapido como sempre é até um videozinho aconteceu, acredito que todos tenham gostado dessa noite. Eu pelo menos adorei, e gostei muito da sala especial do Mirai, quero voltar la de novo e levar outras pessoas de quem gosto também, é um programa bem amigos/casal ^^.

Achei que esse fim de semana fosse ser como todos só ida a boates ou bares e cama, até fui mesmo a D-esel entrei no camarim e tirei foto com a diva Robytt Moon e adivinhem ela me presenteou com um DVD dela bélissimo, fiquei pasmo com tamanha gentileza de um artista desse porte eu acredito que tenha sido mal educado ao invadir o camarim da maneira que fiz mas... eis a foto ^^:


E é isso ^^ tudo ficou bem nesse fim de semana ^^

terça-feira, 27 de abril de 2010

Pensamentos




Ultimamente tenho tido pensamentos em relação a questão da homofobia, tenho visto tantos casos de homofobia na midia que fico assustado e muito revoltado, fatos como o governo de Unganda querer aprovar uma lei cretina que traz como punição aos homossexuais a pena de morte, como se isso fosse uma possivel solução contra a homossexualidade, cara, me pergunto: Essas pessoas não sabem ler ou não querem aprender ? São burros? Ou realmente a diferença incomoda muito? Chego a pensar que todos sejam enrustidos e tenham raiva de quem é assumido... mas sei que na verdade pode ser mesmo só ignorãncia e burrice.

Além disso, o que mais eu tenho querido nesse momento é me cercar de pessoas que não tenham duvidas quanto a homofobia, ou você é homofóbico ou não é ou você respeita e aceita ou não, ou você se junta com a parcela de heteros preconceituosos contra gays ou se junta aos gays em prol de uma convivência justa e respeitosa e com direitos realmente iguais.

Ainda falando em noticias da midia a melhor desse mês foi a do bispo  católico que disse que a pedofilia é resultado do homossexualismo ( sim com sulfixo ismo que quer dizer doença ¬¬ mesmo que a mais de 10 anos tenha sido retirado do livro das doenças mundiais.). Estranho ele dizer isso se na maioria das vezes o pedofilo é hétero, casado, as vezes tio da criança vitima, etc, e ter esquecido que a pedofilia sim é uma doença mental que pode ser desenvolvida por qualquer individuo.

Não sei, fico tão enojado com esse mundo de héteros pra héteros que se tivesse escolha iria pra outro lugar, esses fatos são tão desanimadores que a vontade de viver fica bem baixa...



Mas fazer o que não é ? Viva a heteronormatividade imposta... só nos resta continuar lutando.

domingo, 11 de abril de 2010

+++Joel & Aydan+++



Joel:
"Você é tudo o que eu preciso pra continuar a existir..."
Aydan:
"Eu só preciso de você pra acreditar que eu posso viver..."

Juntos é como queremos estar....

quarta-feira, 7 de abril de 2010

In The Dark



Quando parecer
Que o mundo a sua volta esta desmoronando
E sentir
Que não ha ninguém mais  ao seu redor
E esta calmo
Como um silêncio na escuridão
E soar como se o carnaval tivesse acabado

Enquanto você anda
Entre espaços vazios entre a multidão
E você olha fixamente
Para o vazio ao seu redor
Você vai querer ir
Para a cidade e as luzes brilhantes
Fuja
Dos pecadores que te cercam

Por quê eu estarei la
E você estara la
E nós iremos nos encontrar no escuro
E você vai ver e eu também verei
Por que nós estaremos no escuro

Por que se vir pra você
Vira pra mim também
Por que eu estarei la
E nós precisamos um do outro no escuro
E se isso assustar você
Ira me assustar também
Por que eu estarei la
Então nós teremos um ao outro no escuro

Enquanto eu olho para o céu
Há fagulhas brilhantes como o gelo
Você quer que eu te leve até la
E eu quero que você fique comigo
Por quê você é o unico
O unico

Não, não
Não se preoucupe
Você não é o unico

Por que se vier pra você
Vira para mim também
Mas eu estarei la
E nós precisamos um do outro no escuro
E se isso assustar você
Ira me assustar também
Mas eu estarei la
Então nós teremos um ao outro no escuro

No escuro,
Nós precismos um do outro no escuro,

Agora nós estmoa salvos, pois estamos juntos no escuro

Por que nós temos um ao outro no escuro...

domingo, 4 de abril de 2010

Raison D'être




Mesmo estando cercado por tantas pessoas a quem amo me parece tão dificil definir um motivo pelo qual continuar, uma Raison D'être nesse caso é obvia, é simples...mas não para mim. Neste momento tudo o que eu tenho além de minha própria vida são os amigos e familiares que me cercam, se é assim então por quê é tão dificil decidir continuar?


Em todo o meu tempo de conciência ativa sempre foi assim, dificil saber por que estou aqui, acabo sempre sendo a alegria dos que estão ao meu redor, acabo sendo o salvador da minha familia em alguns momentos...mas não é isso somente o que eu quero, ainda sim sabendo isso também não sei, com isso causo a mim uma lacuna tão grande, um vazio extremo que me faz retroceder em tanta coisa e me estagnar nas minhas decisões.


Os dias tem estado tão estranhos ultimamente, o tempo passa tão mais rapido que antes e as pessoas que outrora foram importantes desapareceram, os amores de antes são apenas lembranças dolorosas que nunca se concretizaram, e os amigos de antes se tornaram apenas um que esta longe...Minhas razões mudam e uma ãncia tão grande de ficar sozinho me engole, mas eu ja não consigo tal coisa, agora eu tenho que dia após dia estar com as pessoas...não tenho mais tanto tempo pra minha solidão...


Raison D'Êntre, não consigo encontrar e na real talvez nem queira mais.

sábado, 3 de abril de 2010

E assim continuo o caminho...





Continuo o caminho rumo a algum lugar ou para alguma coisa...Talvez esse mês passe sem muito coisa triste para eu contabilizar ou não, mas até então esse mês esta sendo confuso, não estou apaixonado por ninguém e nem com esperanças com ninguém.
Minha percepção do tempo não se alterou esse ano, os dias tem passado sem eu ter nenhuma sensação de bem estar ou mal estar, tenho estado anestesiado a tudo ao meu redor, e pra melhorar acabei de descobrir que estou com Sinuzite ¬¬, sempre fui forte em relação a doenças e coisas do tipo e com isso acabei me surpreedendo, isso quer dizer que estou ficando mais velho e vulneravel a esse tipo de coisa.
A sensação de que tenho de ir a algum lugar não mudou nesse mês, e nem o sentimento de perda de algo muito importante, mas sinto que tenho dado pelo menos alguns passo iportantes em relação ao que eu mais quero, mas ainda sim me parece que vai ser muito dificil de conseguir...como tudo né ^^?
Esse mês pelo menos vou fazer coisas bem legais se o dinheiro permitir ^^, só espero que a sensação de solidão diminua um pouco esse mês e que eu conheça mais pessoas legais. Mas cada vez mais eu sinto que me fecho um pouco mais, sinseramente eu não vejo isso como um problema, acho que tenho me entregado demais as pessoas a minha volta e me dedicado a elas esperando que fizessem o mesmom mas isso seria o mesmo que querer que elas fossem como eu e isso não vai acontecer...

Bom por hora é só ^^.

segunda-feira, 29 de março de 2010

Joel Haynes


Começando por aqui, este é meu bebê, Joel Haynes, depois de muito tempo eu finalmente consegui meu 1° BJD Doll, (Boneca/o perfeita/o vinda da coréia do sul ^^....sim foi cara T_T) .
De inicio chamais pensei que fosse conseguir ter um, quem diria dois, sim tenho mais um menino que depois coloco fotos dele aqui também XD. Esse sera meu blog a partir de agora, espero que eu consiga atualiza-lo sempre, e espero ter coragem pra isso também U,U. Tenho dos outros blogs que não atualizo a anos...preguiça, muita...mas quem sabe esse aqui não da sorte né XD. Pois bm por hora é só. Kisses See You.