terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Eccentric...

video



After Forever - Exêntrico

O que eles vêem quando olham para mim?
Quem são eles para me julgar
Se eles nunca falaram comigo
Nunca olharam sem dar risada
Nunca tentaram ver, me ver

Eu não posso acreditar que sou apenas eu
A pessoa para odiar
A única deixada
Eu não posso acreditar como podem ser tão mesquinhos
Se eles pudessem sentir
As picadas brutais de suas palavras
E o amargo frio quando eles riem

Mais uma vez eu estou correndo
Correndo para longe, eu tenho que me esconder
Não posso agüentar mais
Uma luta para me libertar
De um conflito sem fim com a vida
Correndo, me diga o quão longe eu deveria ir
Se eles são todos iguais
Esta luta
Estou lutando por meu caminho através

Eu realmente não quero ser como eles
A maneira que eles agem
A maneira como eles vivem
Eu realmente não preciso de alguém
Não uma pessoa desse jeito
Alguém em um mundo com guerras e tréguas
Um mundo sem o sentimento

Eu preciso estar correndo
Correndo para longe, eu tenho que me esconder
Não posso agüentar mais
Uma luta para me libertar
De um conflito sem fim com a vida
Correndo, me diga o quão longe eu deveria ir
Se eles são todos iguais
Esta luta
Estou lutando por meu caminho através

domingo, 19 de dezembro de 2010

Cada um é responsavel por suas decições...

 Gif: Ritsuka personagem primcipal do anime/manga Loveless.


A tanto eu o desejei, eu o quis, mas não podia tê-lo.
Eu busquei tanto essa relação que ela acabou sem nada, nem amizade e nem amor.
E agora ele buscou suas desições e suas escolhas...ruins ou não.
Triste mas real, esse era o seu direito e foi o que ele fez.


Só pesso a Deus que ele não caia nas sombras de suas escolhas, que ele caminhe em um caminho do qual ele possa voltar.

sábado, 11 de dezembro de 2010

Discrepante dentro do meu próprio meio...




Não e de hoje que percebo o quanto sou estranho, e o quanto sou diferente de todos os outros.
Desde a tempos atras sempre procurei um grupo onde pudesse ser eu mesmo, onde pudesse ser somente o meu eu de sempre, la de dentro...

De fato encontrei tal grupo, todos eles tem o mesmo gosto que eu (ou quase)... tem as mesmas tendências, mas ainda sim sou estranho entre eles. E eles me acham estranho.

Achei que meu tipo fosse comum entre eles, mas não é, me parece que em qualquer local aonde va eu serei sempre algo fora do comum, diferente e discrepante.

Mas isso ja me choca, eu sei que não vou mudar meu jeito para agradar a ninguém e que tenho de ser aceito da maneira que sou...se não for assim então ninguém servira, e por mais que eu tenha esse jeito estranho de ser é assim que eu sou e basta.